Clube dos 27, dedicado a todos os grandes mitos q faleceram com 27 anos ou muito novos, tais como: Jim Morrison, Pam Morrison, Jimi Hendrix, James Dean, kurt Cobain, Janis Joplin... entre outros.
Domingo, 27 de Março de 2005

...

Chenoa012.bmp

publicado por MR-MORRISON às 03:02
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 21 de Março de 2005

Dia Mundial Contra o Racismo




Amigo Branco, algumas coisas que tu deves saber:

Quando nasço, sou preto
Quando vou à escola, sou preto
Quando apanho sol, sou preto
Quando tenho frio, sou preto
Quando tenho medo, sou preto
Quando morro sou preto

E tu amigo branco?

Quando nasces, és cor-de-rosa
Quando vais à escola, és branco
Quando apanhas sol, ficas vermelho
Quando tens frio, ficas azul
Quando tens medo, ficas pálido
Quando estás doente, ficas amarelo
E quando morres, és cinzento

E és tu que me chamas «pessoa de cor»?

publicado por MR-MORRISON às 16:33
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quarta-feira, 16 de Março de 2005

...



publicado por MR-MORRISON às 22:05
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Domingo, 6 de Março de 2005

...




O cigarro queimou-me
a ponta dos dedos

& como um toro
caiu no tapete

Os meus olhos viajaram
à procura da ponta

Agachada com meu gato
na janela ao lado

Nos meus ouvidos confluía a música
das ruas agitadas

Mas minha mente revoltava-se
contra o riso idiota

O crescente e medonho riso idiota
animando um exército de aspiradores

A boca enche-se com o sabor do cobre
Papel chinês, dinheiro estrangeiro, velhos cartazes
Giroscópio numa corda, uma mesa
Uma moeda roda. Os rostos

Há um público para nosso drama

Mágica máscara de sombra
Como o herói de um sonho, trabalha para nós
a nosso favor

A que distância está isto, de uma cópia final?

Caio, doce treva
Estranho mundo que espera e observa
Velho pavor da não-existência

Se não é problema, porque mencioná-lo?
Tudo o que se disse significa isso,
o seu contrário e tudo mais
Estou vivo. Estou a morrer.


James Douglas Morrison


publicado por MR-MORRISON às 00:20
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Sábado, 5 de Março de 2005

Poema de Jim Morrison dedicado a Pam Morrison




Bem, eu conhecia alguém encantador

Ela usava fitas laranja no cabelo

era uma viagem

Sempre fora

Mas eu amava-a

Mesmo assim

Víamos a chuva na janela

O rádio estava partido

Mas ela sabia conversar, oh sim

Aprendemos a falar

E assim

passou um ano

Percorremos um caminho tão longo á procura disso

E acabámos a deitá-lo a perder

Tínhamos tudo

O que os amantes alguma vez tiveram

Estragamos tudo

E não estou triste

Bem, estou louco

E estou mal

E assim

passaram dois anos

Agora o mundo dela era laranja vivo

E o fogo brilhava

A amiga dela teve um bebe

E vivia conosco

Sim, quebramos a barreira da janela

Sim, batemos à porta

O telefone dela não respondeu

Sim, mas ela ainda está em casa

O pai dela não prestou muita atenção

E a irmã é uma estrela

E a mãe fuma diamantes

E ela dorme fora no carro

Sim, mas ela recorda Chicago

Os músicos e as guitarras

E a relva junto ao lago

E as pessoas que riam

E faziam o seu podre coração sofrer

Agora vivemos no vale

Trabalhamos na quinta

Subimos às montanhas

E tudo vai bem

E eu ainda aqui estou

E tu ainda aí estás

E nós ainda por aí andamos




publicado por MR-MORRISON às 02:37
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Pamela Morrison

PORQUE...POR TRÁS DE UM GRANDE HOMEM HÁ SEMPRE UMA GRANDE MULHER!













publicado por MR-MORRISON às 00:47
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 3 de Março de 2005

...

Foi em 1957, quando boa parte dos movimentos juvenis viviam empenhados no culto da paz e do amor, quando São Francisco abrigava a grande fuga hippy, quando os Beatles aderiram ao orientalismo e o status que recuperava comercial e culturalmente a paz o amor e a flor.
Jim Morrison, descendente de um marujo que não suportava a terra firme, insistia, com os Doors, em apelar para a violência e para o caos, em fazer guerra às normas universais e às modas mai evidentes, em demandar praias distantes e portos por achar.
As letras das canções de Morrison apresentam de facto um carácter de ruptura pronunciada: colagem, improviso, exploração das sonoridades, non-sense, são algumas das características mais importantes dessas letras.
Temas frequentes: a viagem, a mudança, a descida ás profundezas do maëlstorm, do sonho, do delírio, das florestas obscuras, das cidades-mães e das mães-cidades.
A fuga para os Domingos Azuis e para o Verão das Origens.
Mas também a deleitação morosa na imagem erótica, no mito da serpente, do deus do tigre, do deus lagarto, dos gatos incestuosos, dos sofás lascivos, dos rituais mágico-exóticos à beira dos grandes lagos maternos e profundos.
E principalmente a obsessão da transformação do mundo, da subversão da terra, do ataque às muralhas brancas-ango-saxónicas-protestantes.

Falta dizer que os Doors não se nunca recuperaram do carismático JIM, que se deu em 1971, em Paris, onde esperava ocultar-se de todos esses monstros para só escrever poemas.
M.J.G.









publicado por MR-MORRISON às 22:30
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 2 de Março de 2005

Jimi Hendrix




Suas técnicas e pontos principais eram:
1. Presença de Palco - Tocando sua guitarra atrás da cabeça e das costas, rolando com ela no chão e tocando com a boca.
2. Destruição como música - Usando musicalmente sons produzidos como uma corda arrebentando, um amplificador derretendo ou uma guitarra arremessada contra uma caixa acústica.
3. Uso da Alavanca de Trêmolo - Costumava entortar a alavanca, tocando com ela
nas cordas, manipulando a alavanca com as duas mãos ou batendo nela para obter efeitos percussivos.
4. Uso de um "quinto dedo" - Usando o polegar para fazer acordes ou puxando as cordas velozmente para cima e para baixo no braço da guitarra com os outros dedos enquanto usava o polegar.
5. Técnicas de "Slide" - Deslizando sobre as cordas com seus anéis, esfregando a guitarra no pedestal do microfone ou passando o cotovelo nas cordas.
6. Truques de palheta - Fazendo truques de mão como um mágico, fazia a palheta desaparecer para poder dedilhar e fazendo-a reaparecer a seguir.
7. Afinação - Mudando a afinação no meio da música para conseguir variações de tom.
8. Uso dos Controles da Guitarra - Controlando o volume e a tonalidade na própria guitarra enquanto nos amplificadores eles estavam sempre no máximo, fazia também mudanças rápidas nas chaves que liga os captadores e puxava e raspava as molas que prendem as cordas no corpo da guitarra.
9. Uso do Corpo da Guitarra - Tocando tanto nas cordas como no corpo, batendo com o punho nas costas da guitarra, sacudindo a guitarra ou envergando o braço da guitarra para trás e para a frente enquanto tocava.
10. Uso da Eletrônica - Além de usar os pedais e efeitos de fita e estúdio, ele usava o próprio corpo, colocando-se diante de um alto-falante para obter vários tipos de microfonia, sendo capaz de gerar feedback em duas ou três cordas, modular e alterar o ruído enquanto solava nas cordas restantes.




Nasceu: Seattle, Washington(EUA), no dia 27 de novembro de 1942, às 10:15 da manhã, no hospital King County.
Filho de: mãe Lucille Jeter, (filha de uma índia Cherokee) e seu pai, James Allen Hendrix.
Morte/ Causa: dia 18 de setembro de 1970, uma quinta-feira de manhã, Jimi morreu sufocado no seu próprio vomito, que se supõe de abuso de estupefacientes.




publicado por MR-MORRISON às 22:05
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

...



A friend is someone who gives you total freedom to be yourself.

Expose yourself to your deepest fear; after that, fear has no power, and the fear of freedom shrinks and vanishes. You are free.

Friends can help each other. A true friend is someone who lets you have total freedom to be yourself-and especially to feel. Or, not feel. Whatever you happen to be feeling at the moment is fine with them. That's what real love amounts to-letting a person be what he really is.

I am the lizard king. I can do anything

I think in art, but especially in films, people are trying to confirm their own existences.

Some of the worst mistakes of my life have been haircuts.



publicado por MR-MORRISON às 14:58
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

.Frase do dia


Há duas maneiras de viver a vida: 1, é como se nada fosse milagre, a outras é como se tudo fosse milagre. "Einstein"


.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. ...

. ...

. Homenagem

. Slide Away

. Liberdade

. Dia do Autor Português

. Lettera amorosa

. No mundo quis o Tempo que...

. ...

. 2 anos

.arquivos

. Fevereiro 2008

. Outubro 2007

. Junho 2006

. Maio 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

.links